Ó loureiro, ó loureiro,

Ó loureiro, ó loureiro,
O loureiro ramalhudo,
O loureiro diz que paga,
O loureiro paga tudo!
(Vila Nova de Cerveira) II-278

Loureiro, verde loureiro
Seca seja a tua rama!
Inda sou tão pequenina,
Já me quereis pôr essa fama.
(Ponte do Lima) II-295