Nesta rua há negrilhos,

Nesta rua hai negrilhos,
Onde hai negrilhos hai sombra:
Bem puderas tu, menina
Sair comigo à ronda.

(Zaive, c. de Bragança)