Meu coração é um tanque

Meu coração é um tanque
Cheio de água, mete medo:
Abre-te meu coração
Vai regar o arvoredo.

Ó arvoredo fechado
Não digais que eu aqui vim
Não quero que o amor saiba
Novas nem partes de mim.

ACPL/CPVR