Limoeiro da calçada

Limoeiro da calçada
Já não torna a dar limões,
Que lhe cortaram as guias
Para render corações.
(Mosteiro, c. de Baião.) I-28

Ó limoeiro da calçada,
Hei-de te dar um abano:
Ou tu hás-de dar limões,
Ou laranjas todo o ano.
(Marco de Canaveses.) I-28