É um regalo ir ao campo

É um regalo ir ao campo
Na Primavera das flores,
À sombra do arvoredo
Ouvir cantar os pastores.
(Monsanto da Beira)
JLV/CP-I:21