Eu subi ao alto freixo

Eu subi ao alto freixo
Corri-o de nó em nó;
O agrado é para todos,
O amor é para ti só.
(Vila Verde de Ficalho, c. de Serpa)
CPP/JLV, I-132